segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Korres 2- Mais Comprinhas

Finalmente chegou Korres na Sephora. Quando anunciaram a volta da Karres ao Brasil falaram que os produtos seriam vendidos lá, corri logo pra loja do Barrashopping e dei com os burros n´água... ainda não tinham chegado. Então fiz minha primeira compra pelo site (mostrei aqui).

Passado 1 mês ouvi novos boatos de que a marca já tinha chegado e corri pra lá de novo. Dessa vez era verdade.

Apesar da compra no site ter sido super bem sucedida eu queria ver tudo de perto, provar, sentir o cheiro,.. enfim como eu tinha usado pouca coisa da marca e há seculos atrás queria ir com calma.

Fui lá e comprei:

Wild Rose Korres

Wild Rose - Creme Suavizador de Olheiras e Linhas Finas- R$69,00 
Com fator de proteção solar 15, formulado com Óleo de Rosa Mosqueta, promete hidratar e clarear as olheiras, restaurando o tom e a textura da pele. O cheiro é bem suave e muito agradável, uso pela manhã depois da limpeza e antes do protetor solar. Sinto uma leve sensação de frescor quando eu passo e acho que os benefícios serão melhor percebidos com algum tempo de uso.

Shampoo de Aloe Vera e Dittany - para Cabelos Normais- R$26,00
Segundo eles, o shampoo é formulado com agentes de limpeza e condicionadores suaves. A Aloe Vera contém proteínas e aminoácidos para favorecer o crescimento dos fios e a saúde do couro cabeludo. De uns tempos pra cá meu couro cabeludo se tornou sensível e e eu não posso mais usar qualquer shampoo (leia-se não posso usar shampoos baratos). Até agora tenho me dado muito bem com esse da Korres, meu cabelo fica ótimo e não irrita o couro cabeludo.

Agora estou na expectativa para conhecer as maquiagens da marca, mas ainda não estão sendo produzidas aqui. Aguardo ansiosamente!

Bisous!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Pão Australiano

Essa recita do é blog Máquina de Pão e fez o maior sucesso.

Sempre troco margarina por manteiga e óleo por azeite extravirgem, além de outras coisinhas, então a minha receita ficou assim:

1 xícara de (chá) água morna
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de óleo
1/2 xícara de melado ou mel (usei o melado)
2 e 1/2 xícata de farinha de trigo branca
1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara de farinha de centeio
2 colheres de sopa de chocolate em pó ou 1 colher de sopa de cacau em pó
3 colheres de sopa de açúcar mascavo (lógico que diminuí isso para 1 e 1/2 collher)
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de glúten (substituí por amido de milho)
2 e 1/2 colheres de chá de fermento biológico seco
Fubá para polvilhar (só usa se for assar o pão em forno convencional)

Tamanho: 900gr
Ciclo: Pão Doce

Depois de 5 minutos e antes de 10 minutos do processo tem que verificar a consistência da massa, ela tem que formar uma bola lisa e homogênea no centro da fôrma, se estiver mole demais e agarrando nas paredes polvilhe mais farinha de trigo branca aos poucos. Se estiver seca demais e com partes que não se integram à massa acrescente um pouco de água morna até chegar no ponto certo.

Fiquei séculos procurando a farinha de centeio até que uma amiga encontrou na Casa Pedro do Centro do Rio (já tinha procurado na da Barra da Tijuca e estava em falta).

Sempre que testo uma receita pela primeira faço o ciclo inteiro na máquina por que é mais garantido... até hoje não perdi nenhum pão!

Para fazer assando em forno convencional é só selecionar o ciclo amassar/massa (na maquina da Arno é o ciclo massa de pizza) e quando terminar de bater modelar os pães numa superfície polvilhada com o fubá. Coloque na forma (eu divido a massa em duas partes e uso duas formas), cubra com um pano e deixe descansando por 1 hora.  Depois é só assar no forno a 180º por cerca de 40 minutos. 

Vejam o resultado da minha primeira fornada:

Pão Australiano


Pão Australiano


Não ficou tão escuro quanto do Outback, talvez seja necessário colocar mais cacau em pó, mas pra mim é uma questão meramente estética, o gosto e a textura ficaram muito bons e isso é o que importa, não é?!

Bisous! 

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Mais Pães Caseiros

Estou simplesmente viciada nos pães caseiros. Já não compro pão industrializado desde o meu post  sobre a panificadora elétrica. Claro que isso me obriga a fazer pão dia sim, dia não, isso tem sido um pouco cansativo mas está valendo muito à pena. Apesar de todo trabalho (não gasto menos de 3 horas pra fazer um pão) é  uma coisa que me relaxa, estou curtindo muito mesmo.

No inicio fazia o ciclo completo na máquina, mas os pães assados lá ficam num formato meio "tijolão" e com um buraco no fundo (por causa da pá que mistura a massa). Aos poucos fui testando só bater a massa na máquina e assar no forno convencional.

Pra fazer o pão assando no forno convencional é só selecionar o ciclo Amassar/Massa (na minha máquina é o ciclo Massa de Pizza). Colocar todos os ingredientes na forma na ordem indicada pela receita e selecionar o ciclo, quando terminar de bater tire a massa, divida em duas partes e modele sobre uma superfície enfarinhada (eu uso uma tábua de vidro grande). Em seguida, é só colocar em duas formar, cobrir com um pano e deixar descansar por 1 hora ( deixo dentro do forno desligado). Geralmente a massa dobra de tamanho. Por fim é só assar (uso o forno a 190 º, aproximadamente, por uns 45 minutos). Não precisa pré-aquecer o forno.

O resultado vou mostrar pra vocês agora, junto com as receitas que mais agradaram.
A maioria das receitas são do Blog Máquina de Pão, que foi um grande achado pra mim. Todas as receitas que eu fiz de lá deram certo. No manual da Cadence tem umas receitas boas também.
Vamos às receitas:

Pão 50% Integral

Receita original aqui.

Meu pulo do gato:
*Usei mel de florada de flor de laranjeira que deu perfume maravilhoso ao pão
*Fiz com azeite no lugar de óleo
*Acrescentei 2 colheres de sopa de pistache

Pão 50% Integral

Pão da Toscana

Já falei desse pão no outro post, mas ele é tão maravilhoso que eu tenho que repetir. Dá pra fazer várias versões dele.

Receita original aqui

Meu pulo do gato:
*Acrescentei azeitonas pretas italianas picadas.
ou
*Alecrim na massa + alecrim e sal grosso por cima.
ou
*Linguiça Calabresa Picadinha.

Pão da Toscana com Azeitonas Pretas
Com Azeitonas Pretas
Pão da Toscana com Alecrim e Sal Grosso
Com Sal Grosso e Alecrim

Pão de Canela com Passas e Castanhas

Receita original aqui

Meu pulo do gato:
*mudei a medida das passas e das castanhas do pará para meia xícara.


Pão de Canela com Passas e Castanhas

Então é isso, em breve vou me aventurar a fazer o Pão Australiano igual ao do Outback.

Bisous!